Livro de Michelle Obama chega às livrarias em novembro

‘Becoming’, livro de memórias da ex-primeira-dama dos EUA, terá lançamento mundial no dia 13 de novembro. No Brasil, sai pela Objetiva.

Há quase um ano, o casal Obama fechava um acordo de valor recorde com a Penguin Random House que previa a publicação de dois livros – um de Barack e outro de Michelle. Segundo o jornal Financial Times, o valor negociado entre os ex-moradores da Casa Branca foi de US$ 65 milhões.

No Brasil, os livros tomaram seu caminho natural e ficaram com o Grupo Companhia das Letras, do qual a Penguin Random House é sócia. A notícia agora é que Becoming, o livro de memórias da ex-primeira-dama já tem data para chegar às livrarias: 13 de novembro pelo selo Objetiva. O lançamento faz parte de uma estratégia global e chegará simultaneamente em livrarias mundo afora em 24 idiomas.

Michele, durante os seus anos de Casa Branca, se consolidou como um ícone feminino. Admirada por muita gente, nos quatro cantos do mundo, se posicionou como uma poderosa porta-voz de mulheres e meninas. No livro, a primeira primeira-dama negra dos EUA, apresenta aos leitores o seu mundo, recontando as experiências que a moldaram – da infância na região de South Side, em Chicago, e os seus anos como executiva tentando equilibrar as demandas da maternidade e do trabalho, ao período em que passou no endereço mais famoso do mundo. Estão também no livro seus triunfos e suas decepções, tanto públicas quanto privadas.

“Escrever Becoming foi uma experiência pessoal profunda. Ele me deu, pela primeira vez, um espaço para refletir com honestidade sobre a trajetória inesperada da minha vida. Nesse livro, falo de minhas raízes e de como uma menina do South Side de Chicago encontrou sua voz e canalizou a força de usá-la para empoderar outras. Espero que a minha jornada inspire leitores e leitoras a encontrar coragem para se tornarem as pessoas que aspiram ser. Mal posso esperar para dividir a minha história”, disse a ex-primeira-dama em comunicado oficial.

Em apoio à missão da Obama Foundation, a Penguin Random House vai doar um milhão de livros em nome da família Obama à First Book, uma organização sem fins lucrativos e colaboradora de longa data da Penguin, e à Open eBooks, de Washington, DC, colaboradora da iniciativa de educação digital da Casa Branca em 2016.

 

Fonte: PublishNews

Prêmio Oceanos de literatura abre inscrições para edição 2018

Concurso abrange escritores lusófonos do mundo inteiro

Autores de língua portuguesa de qualquer lugar do mundo poderão inscrever suas obras na edição de 2018 do Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, parceria entre o Itaú e o Oceanos, a partir do dia 9 de fevereiro.

Obras nos gêneros de poesia, romance, conto, crônica e dramaturgia, que tenham sido publicadas pela primeira vez em 2017, podem participar da premiação.

As inscrições serão feitas a partir do preenchimento dos dados da ficha presente no site www.itaucultural.org.br/oceanos/2018 que estará disponível a partir das 10h do dia 9 de fevereiro até 18 de março. Tanto o as editoras quanto os autores podem inscrever as obras.

O livro deve ser anexado em formato PDF, mesmo que tenha sido publicado apenas em versão impressa, permitindo, assim, que os concorrentes sejam avaliados por um júri internacional, composto por escritores, críticos, professores e jornalistas do Brasil, de Portugal e de países da África lusófona.

A composição da curadoria traz dois novos nomes do universo literário em língua portuguesa, a escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, e a editora Mirna Queiroz, do Brasil. As duas se juntam à gestora e idealizadora do prêmio Selma Caetano e ao jornalista Manuel da Costa Pinto, ambos brasileiros.

Premiação

Obras de diferentes gêneros concorrem entre si pelas quatro premiações do Oceanos, que correspondem a um valor total de 230 mil reais – R$ 100 mil para o primeiro colocado, R$ 60 mil para o segundo, R$ 40 mil para o terceiro e R$ 30 mil para o quarto.

O processo de avaliação e atribuição final do Oceanos ocorrerá em três etapas. Na primeira fase, um Júri de Avaliação formado por jurados convidados pela curadoria do prêmio elegerá 50 obras semifinalistas entre os livros inscritos validados pela curadoria e escolherá, por votação, os membros dos júris subsequentes (Júri Intermediário e Júri Final).

Ao Júri Intermediário caberá selecionar dentre os 50 semifinalistas os 10 finalistas, dentre os quais serão escolhidos, pelo Júri Final, os premiados de 2018. Estes serão anunciados no dia 29 de novembro, em local e horário a confirmar.

 

 

 

 

Editora Planeta prepara mais um título de Rupi Kaur

‘O que o sol faz com as flores’ chega às livrarias no fim de fevereiro

Em 2017, Rupi Kaur foi um fenômeno no Brasil. Conseguiu um feito extraordinário para o mercado brasileiro: colocou um livro de poesia – Outros jeitos de usar a boca (Planeta) — na Lista Geral Anual dos Mais Vendidos do PublishNews, ganhando inclusive de grandes best-sellers como Depois de você (Intrínseca), de Jojo Moyes; O mundo de Larissa Manoela (HarperCollins) e Os segredos da mente milionária (Sextante). Segundo apuração do PublishNews, foram vendidos 77.052 exemplares no ano passado, quantidade suficiente para conquistar a 14ª posição da Lista Geral e a terceira da Lista Anual de Ficção. O sucesso foi tanto que a Planeta não dormiu no ponto e já colocou em pré-venda O que o sol faz com as flores, nova coletânea de poemas da autora canadense. O livro começa a ser distribuído no fim de fevereiro.

Fonte: PublishNews