Paulo Coelho tem livro queimado por casal que defende Bolsonaro

Paulo Coelho tem livro queimado por casal que defende Bolsonaro

Um vídeo de um casal queimando livros de Paulo Coelho fez o nome do autor chegar aos assuntos mais comentados no Twitter na última terça (29). O motivo? As críticas feitas por Paulo à administração do governo atual. No vídeo, o casal cita uma postagem feita pelo autor em que ele incentivou o boicote a produtos brasileiros no exterior e que foi apagado tempos depois. Na rede social, Paulo fez algumas postagens em resposta ao vídeo. “Primeiro compraram, depois queimaram. E o bigodinho do cara não deixa esconder a origem da ideia…”, disse, comparando mais tarde, a queima de livros com o regime nazista que se reunia para destruir livros de oposição cultural, religiosa e política. Com a atitude do casal – que afirma no vídeo já ter queimado dez livros de Paulo – diversos leitores saíram em defesa do autor, divulgando ainda mais suas obras. “Aproveitando que Paulo Coelho está nos trends só para mostrar minha coleção de livros!”, comentou um deles, sendo repostado pelo autor.

Fonte: PublishNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *