Leipzig, na Alemanha, também cancela a sua feira de livros

A feira é um importante evento literário que serve como esquenta para a Feira do Livro de Frankfurt, que acontece só no segundo semestre. Brasileira que estava escalada para o evento cancelou viagem.

A Feira do Livro de Leipzig, importante esquenta para a Feira do Livro de Frankfurt que acontece só no segundo semestre, foi cancelada. É o terceiro evento internacional de livros na Europa a sofrer alterações por conta da epidemia de coronavírus. Antes de Leipzig, a Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha foi adiada e o Salão do Livro de Paris cancelado. Leipzig era para começar no próximo dia 12 e seguir com a sua programação até o dia 15.

A jornalista e escritora brasileira Joselia Aguiar estava escalada para o evento. Ela embarcaria para Leipzig para falar sobre Jorge Amado, uma biografia (Todavia). Ao PublishNews disse que cancelou a sua ida à Europa.

A grande apreensão continua sendo com relação à Feira do Livro de Londres cuja programação está oficialmente mantida para os dias 10 a 12 de março. Além de HarperCollins, Macmillan, Simon & Schuster, Ingram e Overdrive, que já tinham anunciado a sua ausência na feira, entre ontem e hoje o braço americano da francesa Hachette e a italiana Gruppo Mauri Spagnol anunciaram que não estarão na feira inglesa. Para justificar a sua ausência, Stefano Mauri, CEO do grupo italiano e que participou no Brasil de uma edição do Interlivro de 2015, declarou ao Publishers Lunch que os agent centers “são, por definição, o pesadelo dos epidemiologistas”. Considerados o coração das feiras de negócios de livros, esses espaços abrigam milhares de agentes e editores que estão ali para vender e comprar direitos autorais.

Em comunicado oficial e atualizado no último domingo (1º), a Feira do Livro de Londres afirma que manterá a sua programação a menos que haja uma nova diretriz do governo local ou da Organização Mundial da Saúde (OMS). “Todas as diretrizes de Saúde Pública da Inglaterra e da OMS estão sendo seguidas e medidas apropriadas estão sendo implementadas”, diz o comunicado. O documento fala ainda que para aqueles que não conseguirem acessar a Feira, a organização fará o possível para garantir que o máximo de conteúdo possível seja transmitido e compartilhado pelas redes sociais do evento.

No Reino Unido, há 40 casos confirmados da covid-19. Já na Alemanha, onde está Leipzig, há 165 casos. Nenhuma morte em decorrência do vírus foi registrada em nenhum dos dois países.

A transmissão do corona vírus é feita de pessoa para pessoa via gotículas respiratória ou contato. Ao tossir ou espirrar, as autoridades recomendam, tapar a boca e nariz com um lenço descartável ou colocando a dobra do cotovelo para conter possíveis gotículas contaminadas. Há ainda a recomendação para manter as mãos limpas, lavando com sabonete por pelo menos 20 segundos e/ou higienizando com álcool gel e evitar o contato da mão suja com nariz, boca e olhos.

Pessoas que viajarem para áreas onde já há casos de contaminados e apresentarem sintomas da doença – febre, tosse e dificuldade para respirar – devem procurar os serviços de saúde para acompanhamento.

Fonte: PublisNews

“O Quinto Passo”: Novo conto de Stephen King

Stephen King publicou, no último dia 20/02, seu novo conto na revista Harpers. A história, de 4 páginas, tem o título de “O Quinto passo” e fala sobre o alcoolismo (referindo-se às 12 etapas do “Alcoólicos Anônimos” pelas quais a pessoa precisa passar para voltar a ser – e permanecer – sóbrio). O quinto passo do A.A é: Admitimos perante o Poder Superior, perante nós mesmos e perante outro ser humano, a natureza exata de nossas falhas.

No conto, Harold Jamieson é um viúvo, de 68 anos, aposentado, que acabou desenvolvendo o hábito, durante suas caminhadas matinais, de parar por uma hora para ler o jornal em um banco. Numa bela manhã, enquanto seguia sua rotina, um desconhecido, do outro lado da rua, se dirige a ele oferecendo dinheiro por um pequeno serviço.

A a tradução e revisão é de Camila Vieira.

Confira o conto AQUI.
Versão original (em Inglês) AQUI.

Fonte: StephenKing.com.br

O Sedutor do Sertão -Romance inédito de Ariano Suassuna é lançado pela Nova Fronteira

Escrito entre 7 e 30 de março de 1966, “O Sedutor do Sertão ou O Grande Golpe da Mulher e da Malvada” surgiu de um convite recebido por Ariano Suassuna para levar uma história sua às telas de cinema. O filme, no entanto, acabou não se realizando por falta de verbas e o texto foi parar na gaveta de inéditos, sendo publicado agora pela primeira vez. A narrativa, escrita durante a criação do “Romance d’A Pedra do Reino” (1958-1970), não à toa apresenta vários pontos de contato com a obra-prima do autor, a começar pelo protagonista, o anti-herói cômico Malaquias Pavão, irmão bastardo de Pedro Dinis Quaderna. A ideia para o mote do enredo é retirada de uma passagem de “Os Sertões”, de Euclydes da Cunha, a quem o livro é dedicado: um golpe para enriquecer contrabandeando cachaça. À diferença do clássico euclydiano, porém, o texto de Suassuna carrega nas tintas do humor, apresentando o riso como uma forma de escape de nossas recorrentes mazelas políticas.

Magazine Luiza compra Estante Virtual

Marketplace de livros novos e usados foi vendido pela Livraria Cultura por R$ 31 milhões

No final do novembro, o PublishNews adiantou em primeira mão que o Magazine Luiza estava de namoro com a Cultura para ficar com a Estante Virtual. A venda foi autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em dezembro último e, nesta quinta-feira (30), em um leilão, o Magalu bateu o martelo e ficou com o marketplace de livros novos e usados. O lance final foi de R$ 31 milhões.

Fundada em 2005, a Estante Virtual foi comprada pela família Herz no fim de 2017. Naquela época, a livraria já apresentava sinais de sua fragilidade financeira. O pedido de recuperação veio um ano depois e, no plano de reestruturação, a Cultura previa, como uma das medidas gerais para a sua recuperação, a venda de ativos, incluindo UPIs (Unidades Produtivas Isoladas), como era o caso da Estante Virtual.

Em abril do ano passado, diante do cenário de crise que afetou Saraiva e Cultura -– duas tradicionais e importantes redes de varejo de livros no País -–, o Magalu passou a investir na venda de livros. Dava ali o primeiro sinal de aproximação com o mercado.

Credores da Cultura ouvidos pelo PublishNews e que pediram para ficar no anonimato não se animaram com a injeção desse dinheiro no caixa da empresa, já que os R$ 31 milhões apurados representam pouco mais de 10% do valor da dívida da Cultura declarada à Justiça. Além disso, questionaram se o dinheiro da venda será mesmo usado para abater as dívidas da empresa que está em recuperação judicial.

O PublishNews conversou também com alguns sebistas, diretamente afetados pela operação da Estante Virtual. Entre eles, a opinião se dividiu. Há os que dizem que pior do que estava nas mãos da Cultura é impossível ficar e, portanto, veem o movimento como positivo, e há ainda os que prefeririam uma administração independente ou por uma varejista com mais experiência no ramo livreiro.

Cid Vale Ferreira, do Sebo Clepsidra, que tem duas lojas em São Paulo e uma em Bauru, no interior paulista, vê o movimento com bons olhos. “Mais do que ampliar sua cartela de clientes, o Magazine Luiza pode impulsionar de forma crucial a recuperação do mercado secundário de livros, mas isso demanda visão estratégica”, disse ao PublishNews. Ele comentou também sobre a possibilidade de diversificar as formas de pagamento, algo que seria muito bem-vindo, na sua avaliação. O livreiro, no entanto, diz que se preocupa com a possibilidade de a empresa planejar ampliar seu faturamento não pelo fomento das vendas de seus vendedores associados, o que aumentaria o recolhimento de taxas, mas sim pela entrada de produtos do Magalu para concorrer com os produtos que já se encontram por lá. “Estamos atentos aos desdobramentos da aquisição com certo alívio. Esperamos que boas notícias estejam a caminho”, finalizou.

O que não está claro ainda é como será feita a integração entre Estante Virtual e Magazine Luiza. É acompanhar as cenas do próximo capítulo.

Agora, além da Estante Virtual e do seu e-commerce próprio, o Magalu conta no seu catálogo as marcas Época Cosméticos, Netshoes, Shoestock e Zattini.

A compra deverá ser concluída em até 20 dias.

Fonte: PublishNews

Paulo Coelho exclui rascunho de livro que escrevia com Kobe Bryant

Ideia do jogador de basquete, livro deveria inspirar crianças carentes a superar as adversidades através do esporte

Nesta semana, Paulo Coelho anunciou que excluiu o rascunho de um livro que estava escrevendo junto com Kobe Bryant, jogador de basquete que faleceu no último domingo (26) em um acidente de helicóptero. À Associated Press, Coelho disse que não fazia mais sentido publicar o livro sem Kobe. “Não acrescentaria nada relevante para ele ou sua família”, mas acrescentou que nada o impede de escrever um dia sobre as coisas que aprendeu com o jogador. Os dois começaram a discutir sobre o projeto do livro em 2016 após Kobe entrar em contato com o autor brasileiro. A ideia era que o livro pudesse inspirar crianças carentes a superar as adversidades através do esporte. “Kobe sempre se preocupou muito em fazer um livro que fosse um exemplo positivo para as crianças, especialmente as que vieram de origens humildes”, contou o autor à AP. Coelho não informou quantas páginas já estavam escritas e nem o nome do livro.

Fonte: PublishNews

As paredes eram brancas: novo livro de Max Moreno

As paredes erram brancas

SINOPSE

David é um garoto de apenas 13 anos e vive com a família em uma casa simples na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. Seu pai, um alcoólatra escroto que se diverte ao espancar a esposa nas horas vagas, é assassinado de madrugada na saída de uma boate. Após algum tempo de investigação, a polícia percebe que todas as pistas convergem para uma única suspeita: o garoto teria matado o próprio pai. O problema é que a mãe de David também é assassinada pouco tempo depois, e agora, as duas mortes são atribuídas a ele. O pai não valia nada; mas por que David mataria a própria mãe?

A explicação vem de um laudo médico que aponta para um garoto com sérios transtornos mentais. Então, David é trancafiado num hospital psiquiátrico. Só que é justamente lá que ele suspeita que está sendo envolvido em uma trama assustadora, algo que pode mudar toda a sua trajetória. Mas que segredo poderia estar por trás da morte dos pais do garoto?

Duvidando da própria sanidade, David começa a investigar, mas todas as descobertas só levantam mais dúvidas, e o rapaz se vê diante de uma pergunta perturbadora: até que ponto ele pode acreditar na própria realidade?

E-book na AMAZON.
Capa comum na AMAZON.
Primeiro capítulo em PDF.
Leia no Google Books.
Leia online no Top Leituras.

As 10 séries que marcaram 2019

G1 lista em VÍDEO os seriados que mais bombaram no ano. 

A despedida de “Game of Thrones”, a premiadíssima “Fleabag”, duas minisséries baseadas em (tristes) fatos reais e mais: o G1 selecionou as dez séries que marcaram o ano de 2019. Veja no vídeo acima.

Editora DarkSide cria o projeto “meia meia meia”

“Somos amantes da literatura, adoradores natos das palavras que nos transformam. Não existem meias palavras, todas elas são únicas e repletas de significados que despertam, provocam e aquecem. Dentro de nós, é sempre meia-noite.

Chegou a hora de meter os pés na porta: o Projeto 666 foi feito sob medida para os leitores endiabrados e pés-quentes que sempre apostaram no escuro. Aqui na DarkSide® Books, não há meia verdade, dúvida ou qualquer tipo de questionamento: literatura, moda e cultura pop se juntam para completar o mundo dark ao qual amamos pertencer.

Vista-se com mais essa possibilidade de mostrar sua verdadeira essência ao mundo – #AMEIAMEIAMEIA.”

Confira AQUI.

 

 

 

Novo Século quer incentivar leitura em inglês

Editora lança coleção de clássicos em inglês

Este mês, a Editora Novo Século lança a coleção ns_english, que traz o idioma oficinal de clássicos da literatura. A nova coleção tem como objetivo incentivar a leitura em outro idioma e fazer com que a experiência do leitor se aproxime ao máximo do que o autor quis passar. Os primeiros lançamentos são The Wonderful Wizard of Oz (O Mágico de Oz), de L. Frank Baum; Frankestein; or the Modern Prometheus (Frankenstein; ou o Prometeu Moderno), de Mary Shelley; Treasure Island (A Ilha do Tesouro), de Robert Louis Stevenson e The Secret Garden (O jardim secreto), de Frances Hodgson Burnett.

 

Fonte: PublishNews

Prêmio APCA anuncia vencedores de 2019

Livro ‘Crocodilo’, de Javier Arancibia Contreras foi o vencedor na categoria Romance. A cerimônia de entrega dos prêmios será realizada no dia 17 de fevereiro de 2020

A Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA) anunciou na tarde da última terça (10), os vencedores de 2019 nas 10 categorias do prêmio: Arquitetura, Artes visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música popular, Rádio, Teatro, Teatro Infantojuvenil e Televisão.

Na categoria Literatura, em Romance o vencedor foi o livro Crocodilo (Companhia das Letras), de Javier Arancibia Contreras (na foto ao lado) uma narrativa emotiva sobre a construção da família, da relação pai-filho e das mudanças que o amadurecimento traz para a vida. Em Poesia, o premiado foi o livro Melancolia (Record), de Carlos Cardoso; em Contos / Crônicas, a obra escolhida foi Redemoinho em dia quente (Alfaguara), de Jarid Arraes e em Infantil / Juvenil, o premiado foi o livro Enfim, Capivaras (Companhia das Letras), de Luisa Geisler.

A obra O crime da Galeria de Cristal (Companhia das Letras), de Boris Fausto, foi a premiada em Ensaio / Teoria e/ou Crítica Literária / Reportagem; Em busca da alma brasileira – Uma biografia de Mário de Andrade (Sextante), de Jason Tércio, venceu na categoria Biografia e Eric Nepomuceno venceu na categoria Tradução por conta da tradução da obra O jogo da amarelinha (Companhia das Letras), de Julio Cortázar.

Votaram na categoria Literatura: Amilton Pinheiro, Gabriel Kwak, Fabio Siqueira e Ubiratan Brasil.

A 63ª cerimônia de entrega dos prêmios será realizada no dia 17 de fevereiro de 2020, no Teatro Sérgio Cardoso (Rua Rui Barbosa, 153 – São Paulo / SP). A lista completa, com os vencedores das outras categorias, você encontra clicando aqui.

 

Fonte: PublishNews