Opinião de King sobre as adaptações de suas obras

Opinião de King sobre as adaptações de suas obras

Não é novidade que basta Stephen King publicar uma obra, uma adaptação surge rapidamente. No meu ponto de vista, o resultado da maioria são verdadeiros fracassos, porém alguns filmes como “Carrie”, “Stand by Me”, “Um sonho de Liberdade”, “A espera de um milagre”, “O iluminado”, “Misery”, entre outros,  ocupam o espaço de maiores sucessos.

E para King? Qual seria sua opinião ? Abaixo iremos ver algumas de suas adaptações e se compartilhamos ou não da mesma opinião do Mestre.

‘IT’

1990

“Gostei muito daquela série e achei que Tim Curry fez um ótimo Pennywise. Aquilo assustou muitas crianças naquela época.”

2017

“Um dos motivos pelos quais o filme fez um grande sucesso foi porque as crianças se lembraram de tê-lo visto na TV. Então eles foram ver.”

‘The Tommyknockers’

1993

“Eu não gostei; Eu não liguei para isso.”

“A estrela Jimmy Smits é um ótimo ator, mas como o poeta alcoólatra Jim (Gard) Gardener, ele teve que dar um monte de falas pretensiosas e portentosas”. E com pouco mais de três horas, King sentiu que a minissérie deveria ter sido muito mais longa”.

“Parecia meio barato e jogado junto. Eu senti que eles perderam o sentido do livro.”

‘A DANÇA DA MORTE’

1994

“Mick dirigiu  e eu escrevi , então nunca houve qualquer sensação de irregularidade na maneira como eles trabalhavam – havia um único estilo durante todo o tempo. Mick amou o livro e se dedicou à ideia de que faríamos apenas o livro, que é o que fizemos. ABC gastou muito dinheiro nisso. ”

2020

“Eu vi alguns cortes brutos e não posso dar uma opinião ainda, exceto para dizer que foi interessante vê-lo trazido para o século 21 e ver algumas das mudanças que foram feitas.”

Quanto a diversidade, afirma. “O romance era muito branco; a minissérie era muito branca. Eles fizeram uma coisa multicultural aqui, e isso faz todo o sentido.”

Quanto ao novo final, por ele escrito: “Eu sempre soube que havia mais uma coisa que eu tinha a dizer naquele livro, mais uma cena que eu queria escrever, e finalmente o fiz. E estou feliz com isso.”

‘The Langoliers’

1995

“Eles vieram a Bangor para realmente filmar isso. Gostei porque trouxe dinheiro para a cidade e gostei do roteiro. Não me lembro se escrevi isso ou não. Eu… Bem, eu atuei nele. “

Respondendo à pergunta, a série foi escrita e dirigida por Tom Holland.

‘O Iluminado’

1997

“Vamos colocar desta forma, não gosto do filme.   Admiro o filme e admiro Kubrick como diretor, que às vezes se perde na adaptação, quando as pessoas que amam aquele filme me questionam eu respondo,  Eu amo Kubrick como cineasta, mas simplesmente senti que ele não tinha talento para essa coisa em particular. ”

“Não gosto do arco que Jack Nicholson dirige como Jack Torrance”, continuou ele. “Porque não é realmente um arco – é uma linha plana. Ele está louco desde o início. ”

Sobre a série , King afirma que Steven Weber, a estrela da série ABC, entendeu melhor o personagem. “Ele sabia o que deveria estar fazendo: deveria expressar amor por sua família, e que o hotel gradualmente subjuga seu senso moral e seu amor por sua família.”

Ele também elogiou a atuação de Rebecca De Mornay como Wendy Torrance, que ela “interpreta da maneira que está escrita no livro”, como “a verdadeira razão de eu adorar essa minissérie”.

‘Tempestade do Século’

1999

Para quem não sabe “Tempestade do Século” se trata de uma minissérie que King escreveu diretamente para TV.

“Esse é o meu favorito absoluto de todos eles”, diz. “Eu amei Colm Feore como Linoge e adorei a história. Eles filmaram em Southwest Harbor, no Maine, no inverno, e pegaram a neve, então você tem a sensação desta terrível nevasca e das pessoas presas nela. Eles fizeram um trabalho excelente. ”

Rose Red

2002

É também outra série que King escreveu diretamente para a TV, logo após um quase fatal acidente de avião.

“Estava com muita dor, mas achei que adoraria homenagear Shirley Jackson, todavia não fiquei encantado com o resultado.”

“Não teve o estrondo de ‘Tempestade do Século’”, disse ele. “Parte da atuação foi um pouco … bem, talvez tenha sido a escrita.”

‘Sob a redoma’

2013

“Rachelle Lefevre e Mike Vogel em “Under the Dome”, que começou forte, mas “desceu para a mediocridade completa.”

“Os primeiros episódios foram ótimos. Mas a questão era que o que a CBS queria era basicamente bolo de carne – nada muito desafiador, algo para preencher apenas algumas horas.” “À medida que a série progredia, “saiu dos trilhos e finalmente “caiu em completa mediocridade. Foi uma coisa triste, mas não me incomodou”, disse King. “Parei de assistir depois de um tempo porque simplesmente não dei [palavrão].”

Confesso que adotei a mesma postura de King e não consegui encontrar ainda alguém que tenha lido a obra e vista a série, com uma opinião diferente.

‘Mr  Mercedes ‘

2017

“Foi como se trouxéssemos um show em um estádio para um café. Gostei muito, mas ninguém viu.”

As três temporadas do programa serão agora transmitidas pela NBC  em sua plataforma Peacock. “E graças a Deus por isso”, disse King. “As pessoas estão realmente vendo isso agora.”

‘Castle Rock’

2018

“JJ Abrams se aproximou de mim e disse que queria usar a cidade fictícia de Castle Rock como uma área de palco para pegar alguns de meus personagens . As pessoas envolvidas eram grandes fãs desses livros e eu gostei bastante do que eles fizeram.”

Sobre o cancelamento:  “Na segunda temporada, eles realmente se controlaram”, disse ele. “Eu gostaria de ter visto isso continuar e crescer um pouco.”

Por Lana Francielle

Fonte: http://www.nytimes.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *